logo logo

A Reconstrução de Pedras de Fogo está apenas começando, venha fazer parte dessa história!

Governo de Pedras de Fogo

A Reconstrução continua!

Estamos trabalhando para melhorar a vida de todos os pedrafoguenses!

Saiba mais

Paraíba, Brasil (BR)

140 Rua Manoel Alves, Centro, Pedras de Fogo - PB, 58328-000

Telefone: 81 3635-1081 (Recepção e Protocolo)

gabinete@pedrasdefogo.pb.gov.br

Saúde

“MARÇO LILÁS”: SECRETARIA DE SAÚDE REALIZA CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE O CÂNCER DE COLO DO ÚTERO

26/03/2024 | 127

A Secretaria de Saúde realizou palestras em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Pedras de Fogo para conscientizar a população sobre a prevenção do câncer do colo do útero. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), a doença é a quarta maior causa de morte de mulheres por câncer no Brasil. Os momentos aconteceram na zona urbana e nas comunidades rurais do município.

As ações têm o  objetivo de reduzir o número de mortes por câncer de colo do útero e promover a prevenção desde cedo. Março Lilás é o mês de conscientização sobre a importância de se prevenir contra o câncer do colo do útero. As palestras visam alertar sobre a importância de se proteger contra as DSTs, uma vez que o vírus HPV é a principal causa do câncer do colo do útero.

O carcinoma cervical, também conhecido como câncer do colo do útero, surge devido à infecção persistente pelo vírus HPV, o Papilomavírus Humano. O HPV é a IST mais comum, sendo geralmente assintomático na maioria dos infectados. Contudo, quando sintomas surgem, como verrugas genitais e prurido, podem indicar sua presença. Além da infecção por HPV, que ocorre principalmente durante relações sexuais sem proteção, outros fatores como outras ISTs, tabagismo e múltiplas gestações podem aumentar o risco desse tipo de câncer. Embora seja uma condição séria, o carcinoma cervical pode ser facilmente prevenido por meio da realização regular do exame de Papanicolau.

Quais os sintomas?

Também faz parte da campanha do Março Lilás informar as mulheres sobre os sintomas do câncer do colo do útero. Contudo, nem sempre é fácil identificar a doença dessa forma. Já no estágio mais avançado, alguns sintomas podem surgir. É importante prestar atenção ao surgimento dos seguintes sinais:

• Dor abdominal associada a problemas intestinais e urinários;

• Sangramento vaginal;

• Sangramento após relação sexual;

• Secreções vaginais anormais;

• Menstruação irregular;

• Fadiga;

• Perda de peso sem motivo aparente;

• Náuseas.

Como evitar?

A principal maneira de evitar o câncer de colo do útero é por meio do exame preventivo papanicolau, que possibilita a coleta de células do colo do útero e indica se há alguma infecção ou alteração nesses tecidos. O procedimento é simples e rápido, durando apenas alguns minutos.

Todas as mulheres com 25 anos ou mais, que tenham vida sexual ativa, devem realizar o exame a cada três anos. Quando a mulher apresenta fatores de risco para a doença, pode ser recomendada uma frequência mais frequente para os exames. O papanicolau auxilia na detecção de infecções por HPV e outras possíveis complicações que podem levar ao desenvolvimento do câncer do colo do útero.

Além dos exames, as mulheres também podem evitar a doença através da vacinação contra o vírus HPV. No entanto, é essencial ressaltar que a vacinação não substitui a necessidade dos exames, já que não protege contra todos os tipos de HPV. O uso de preservativos também deve ser adotado como medida preventiva contra esse vírus, reduzindo também o risco de outras doenças sexualmente transmissíveis.